Descomplicado a radioterapia

O que não mata, engorda
Artigos

O que não mata, engorda

Nessa revisão dos estudos médicos sobre alimentos e proteção contra o câncer, vemos uma situação engraçada.

Enquanto alguns resultados mostram que certo alimento é protetor (esquerda do gráfico), outros chegam a conclusão que o mesmo alimento causa câncer (a direita).

Além dos erros sistemáticos e randômicos que podem ocorrer, existe uma questão chave para entender os motivos que causam essa contradição.

Vou dar um exemplo. Ao conversar sobre o benefício da ingestão de duas castanhas do Pará, para prevenção do câncer de próstata, uma colega paraense disse: “Há que ter certo cuidado, pois alguns médicos locais acreditam que o consumo excessivo diário da castanha pode ser responsável pelo aumento do câncer de fígado”.

Não sei se a relação é verdadeira, e continuo comendo minhas duas castanhas diárias, mas pensando sobre o gráfico e essa história lembrei da máxima de Paracelso: “A diferença entre o remédio e o veneno é a sua quantidade”.

Isso vale para muita coisa e nos ajuda a entender que o ponto de equilíbrio está na moderação.

Viver com saúde depende diretamente de nossos hábitos.

protege

Escrito por Radioterapia Legal - 27/03/2017 - 103 Views

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *