Descomplicado a radioterapia

Maio cinza: a importância do diagnóstico precoce para o câncer de cérebro
Câncer

Maio cinza: a importância do diagnóstico precoce para o câncer de cérebro

A doença é caracterizada por um tumor maligno formado pelo crescimento desordenado de células no cérebro, podendo ocorrer de forma primária, quando se origina no próprio cérebro, ou de forma metastática, quando o tumor tem origem em outro órgão e se espalha pelo corpo. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer no cérebro está entre os 10 tipos de câncer que mais matam no mundo. Sem forma conhecida de prevenção, a detecção precoce é a maneira mais eficiente para conseguir a cura.

Para que ocorra o diagnóstico precoce é preciso atenção aos sintomas, que variam de acordo com a localização e extensão do tumor – entre eles: convulsões, tonturas, falta de equilíbrio, desmaios, dores de cabeça recorrentes, perda de visão, visão duplicada, gagueira e perda da fala, dormência em pernas ou braços, confusão mental, dificuldade ou incapacidade de engolir os alimentos; movimentos involuntários, entre outros. Os sintomas estão relacionados com o tamanho e a localização em que esses tumores se desenvolvem. Como são sintomas que podem ser confundidos com outras doenças, é importante ficar atento às alterações no tipo e forma que eles se apresentam. Nas dores de cabeça, por exemplo, se começarem a ocorrer com intensidades diferentes do habitual, já é um alerta para procurar um médico.

Após a tomografia computadorizada ou ressonância magnética, que irá identificar o tumor, o tratamento dependerá do tamanho e localização do câncer, sendo a cirurgia o método de escolha para maioria destes tumores e a Radioterapia e Quimioterapia realizadas de forma complementar quando necessário.

Escrito por Radioterapia Legal - 03/05/2021 - 215 Views

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *