Descomplicado a radioterapia

Fevereiro Laranja: Doe Medula e Salve Vidas
Câncer

Fevereiro Laranja: Doe Medula e Salve Vidas

Fevereiro é marcado pelo combate à leucemia. Além de enfocar na importância da realização de exames para o diagnóstico precoce, a Campanha Fevereiro Laranja também busca alertar as pessoas sobre a doação de medula óssea. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o Brasil registra cerca de 10.800 novos casos por ano.

A leucemia é um tipo de câncer que afeta os glóbulos brancos do sangue, levando ao acúmulo de células malignas na medula óssea.

A medula óssea é um componente que ocupa o espaço de dentro dos ossos e é responsável por produzir os seguintes componentes do sangue:

  • Hemácias – responsáveis por transportar oxigênio a todo o organismo;
  • Plaquetas – atuam na coagulação do sangue, evitando hemorragias;
  • Glóbulos brancos (leucócitos) – combatem as infecções do organismo.

Quando uma célula do sangue que ainda não atingiu a maturidade sofre uma mutação genética e se transforma em uma célula cancerosa, ela passa a atrapalha a produção das células sanguíneas saudáveis da medula óssea, diminuindo seu número normal, levando ao quadro de leucemia.

Os quatro principais tipos de leucemias são:

A leucemia pode ser classificada como “aguda” ou “crônica” de acordo com a velocidade de crescimento das células doentes assim como de sua funcionalidade. A leucemia aguda progride rapidamente e produz células que não estão maduras e não conseguem realizar as funções normais. A leucemia crônica, entretanto, normalmente progride lentamente e os pacientes têm um número maior de células maduras. No geral, essas poucas células maduras conseguem realizar algumas das funções normais. A leucemia também é classificada a partir do tipo de célula do sangue que está doente. As células doentes da leucemia são os glóbulos brancos produzidos na medula óssea. Um tipo de glóbulo branco doente é chamado de “mieloide” e o outro tipo de “linfoide”. O nome dos quatro tipos de leucemias descreve quão rápido (aguda) ou devagar (crônica) a doença progride e identifica o tipo de glóbulo branco que está envolvido (mieloide ou linfoide).

Sintomas da Leucemia

Quando identificada precocemente, a leucemia tem grande chance de cura.  Por isso a detecção precoce é essencial. Sinais e sintomas como palidez, cansaço e febre; aumento de gânglios; infecções persistentes ou recorrentes; hematomas e sangramentos inexplicados; e aumento do baço e do fígado devem ser investigados.

Doação de Medula

Para se cadastrar como doador voluntário de medula óssea, é preciso ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado de saúde e não ter doença infecciosa ou incapacitante. Será retirada uma amostra de sangue para fazer o exame que identifica as características genéticas do doador. Essas informações vão ser cruzadas com os dados de pacientes que necessitam de transplantes para determinar a compatibilidade. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o doador ideal (irmão compatível) só é encontrado em 25% das famílias brasileiras. Quando não há alguém na família, é preciso identificar um doador alternativo a partir dos registros voluntários. Nesse caso, a chance de o paciente encontrar um doador compatível é de uma em cada 100 mil pessoas, em média.

Escrito por Radioterapia Legal - 08/02/2021 - 219 Views

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *